Quando é hora de considerar uma casa de repouso?

Entenda quais situações e características indicam que seu familiar pode precisar de cuidado assistido

Um dos maiores desafios para os familiares de idosos é discernir quando é o momento certo de procurar uma casa de repouso ou uma hospedaria sênior. Elas, certamente, oferecem muitos benefícios que melhoram a vida dos seus residentes, tanto física quanto mentalmente, mas há uma pergunta importante a se fazer: meu familiar terá melhor qualidade de vida se fizermos essa escolha agora?

Alguns residentes de casas de repouso podem afirmar que, se soubessem, teriam feito essa mudança antes. Então, há um momento certo? Como saber que esse momento chegou?

Sinais de que um idoso precisa de moradia assistida

Alguns sinais comuns podem ser um alerta de que está chegando a hora dessa mudança para uma casa de repouso:

• Quedas ou algumas situações de risco e perigo;
• Problemas para manter a casa limpa e organizada;
• Erros com as finanças ou cair em golpes;
• Problemas para lembrar de tomar os medicamentos ou de comprar novos quando acabam;
• Dificuldade para preparar refeições saudáveis;
• Dificuldade para tomar banho e se arrumar.

Benefícios de casas de repouso e moradia assistida

Enquanto há uma série de alertas que indicam que um idoso já não pode mais morar sozinho, não é uma boa ideia esperar uma situação irreversível ou um acidente para tomar essa decisão. Afinal, procurar uma hospedaria sênior em um momento de crise pode ser estressante e fica difícil tomar a decisão certa, que vai deixar todos mais tranquilos e seguros.

Além disso, pode acontecer de o local que você gostaria de colocar seu familiar não tenha vagas em um momento urgente.

Por isso, fazer essa mudança antes de uma emergência traz diversas vantagens:

Ambiente: uma casa de repouso é desenhada com a segurança em mente. Por isso, todos os ambientes são seguros e completamente preparados para evitar acidentes e prestar todos os tipos de auxílio.

Socialização: solidão e isolamento são causas de um declínio da saúde dos idosos. Se sentir sozinho contribui para depressão, perda ou ganho de peso, fraqueza, diabetes e doenças cardíacas. Em uma casa de repouso, os residentes participam de diversas atividades durante o dia e têm contato com outras pessoas, o que ajuda em sua socialização.

Nutrição: uma hospedaria sênior é preparada para oferecer as melhores opções de cardápio para os residentes, principalmente respeitando alergias alimentares e as necessidades que a terceira idade traz em termos de vitaminas e nutrientes. Isso é extremamente vantajoso para a melhora da saúde.

Gerenciamento de medicações: os cuidadores também assumem a responsabilidade por dar todas as medicações aos residentes na hora certa. Eles cuidam de dosagem, necessidade de compra de novas unidades e ficam atentos a reações adversas. É um serviço que traz tranquilidade para os idosos e seus familiares.

Uma escolha que pode trazer paz e cuidado para toda a família

Tomar a decisão de escolher uma casa de repouso para um familiar idoso pode ser um processo difícil e desafiador, mas também traz diversos benefícios para o residente – que terá um cuidado especializado, suprindo todas as suas necessidades – e para a família – que tem a tranquilidade de saber que está oferecendo os melhores cuidados.

Fique atento aos sinais de alerta da necessidade de uma moradia assistida e não espere uma situação de emergência para tomar essa decisão importante. Isso pode ser essencial para garantir uma qualidade de vida ainda melhor para seu familiar.

Você sabe como a tecnologia pode melhorar a vida dos idoso? Descubra como ela é usada e seus benefícios em casas de repouso.

Posts Relacionados

Tumor ósseo

O “Julho Amarelo” também é o mês da conscientização para o diagnostico precoce do câncer nos ossos, importante para o melhor tratamento das lesões. Os

Veja Mais »