Demência por Doença de Alzheimer

Compreendendo para Cuidar

Considerada uma doença degenerativa do cérebro, a doença de Alzheimer acomete no geral pessoas com mais idade. De forma progressiva e lenta, vai levando o paciente a uma dependência para execução das atividades de vida diária, comprometendo importantes funções cerebrais como a memória, linguagem, localização espaço-temporal e cálculo.

Alguns sintomas podem ser observados inicialmente e devem ser um sinal de alerta para buscar a avaliação de profissionais da saúde.

Atualmente, não existe uma cura para a Doença de Alzheimer, mas é possível minimizar seu avanço e os sintomas através de medicação, terapia e reabilitação cognitiva. Desta forma, é muito importante buscar a orientação e o apoio de profissionais especializados.

Sintomas comuns de Alzheimer

• Comprometimento da memória, até mesmo para atividades que acabaram de acontecer;
• Mudanças de humor;
• Dificuldade para tomar decisões;
• Se perder em locais familiares;
• Dificuldade de aprendizado;
• Perda de interesse nas atividades que antes eram prazerosas;
• Repetir o mesmo fato durante uma conversa.

Em fases mais avançadas da doença, começam a surgir os prejuízos motores, assim como se iniciam as dificuldades para ficar de pé, controlar o esfíncter, engolir, caminhar etc. Até que chega o momento em que a pessoa fica totalmente dependente.

Demência por Doença de Alzheimer traz desafios para quem cuida

Por vezes os pacientes com demência desenvolvem comportamentos desagradáveis, como: agitação, agressividade, personalidade alterada e difícil. Mas é sempre bom lembrar que ele não está agindo assim para provocar, pois esse quadro compõe a evolução da doença.

Estratégias que podem auxiliar no cuidado

• Ser gentil e usar um tom de voz que transmita calma;
• Tratar com respeito e não como se a pessoa com demência fosse incapaz, infantil;
• Procurar falar de forma simples e transmitir uma ideia de cada vez, para facilitar a comunicação;
• Sempre informar a pessoa sobre o que vai fazer antes de realizar algum cuidado;
• Estimular a pessoa, dentro de suas possibilidades, através de atividades diversificadas como jogos, música, leitura, etc.

A Hospedaria Sênior Vitória Residence conta com uma equipe multiprofissional de médicos, enfermeiros, fisioterapeuta, psicólogos, nutricionista, fonoaudiólogo e dentista, permitindo realizar um cuidado amplo para os pacientes que apresentam diferentes patologias, entre elas a Doença de Alzheimer.

Busca sempre desenvolver as ações com respeito, humanidade e eficiência técnica, para gerar bem-estar e qualidade de vida aos residentes.

Joyce Trindade Gaglioni – CRM 137675
Elaine Aparecida Lorenzato – CRP 06/26352-4

Posts Relacionados
error: Alerta: Conteúdo protegido !!